Di Melo em Maringá

Por Eder Rosa

Há uns dias atrás o Barnabé do Casa da Vó nos “convocou” para ajuda-lo a fazer da festa de aniversário de 4 anos do bar, um evento pra não esquecer tão cedo.

O desafio era fazer uma noite que tivesse a cara da Vó, uma senhora descolada e sem limites ou rótulos.

Di Melo era uma opção há muito cogitada por nós do Esquema Rock Livre, para ser honesto, era uma ideia do Coy, um grande apoiador da música autoral de qualidade na cidade desde sempre, mas também conhecedor da música de qualidade de outras eras.

Restava saber se o “Imorrível” poderia estar presente na data planejada, além de outras situações que sempre devem ser superadas quando se fala de realizar qualquer evento, principalmente envolvendo trazer um figuraça como ele em um bar relativamente pequeno.

Quando a cervejaria Eden Beer se interessou pelo rolê e nos deu seu apoio vimos que a coisa podia rolar, mas ainda faltava combinar com o Di Melo.

Após os primeiros contatos (e sempre com uma simpatia ímpar) Di Melo confirmou a sua presença. Ainda faltava um ingrediente importante para fechar a festa: a presença do Projeto 16 Toneladas que não poderia estar de fora desse evento. Estava armada a Festa de 4 anos do Casa de Vó.

O Pernambucano Roberto de Melo Santos, conhecido como Di Melo, chegou em São Paulo no fim dos anos 60 e passou alguns anos se apresentando na noite paulistana para ganhar a vida.

Em pouco tempo foi descoberto pela EMI-Odeon que lançou seu primeiro disco em 1975 que levava o mesmo nome do músico. Nesse disco participaram lendas da música brasileira como Hermeto Pascoal e Heraldo do Monte.

Apelidado de o Imorrível, Di Melo vem apresentando seu segundo disco lançado mais de 40 anos depois do primeiro, cujo título é justamente “O Imorrível”.

O repertório promete trazer seus sucessos dos anos 70 como Kilário, A Vida Em Seus Métodos Diz Calma, Se o Mundo Acabasse Em Mel, entre outras, que tocaram nos idos anos 70 e tiveram seu revival nas discotecas brasileiras nos anos 90

Apesar do hiato de quase duas décadas sem aparições, Di Melo é cultuado na Europa depois que DJ’s ingleses descobriram a música “A Vida em Seus Métodos Diz Calma” veiculada na coletânea Blue Brazil 2 – lançado pela Blue Note, nos anos 90. Por lá, o músico tem público cativo e é tocado com frequência em casas noturnas fazendo com que seus Discos de Vinil cheguem a ser vendidos por 700 Euros do outro lado do Atlântico.

dimelo

 

O Projeto 16 Toneladas: Já é conhecidíssimo do público maringaense por promover eventos com discotecagem voltada para a essência do Black Music. A noite será animada pelos DJ’s Donnattus e Estevão, enfim, um casamento perfeito para celebrar o aniversário da vozinha mais conhecida da cidade.

Fique ligado nas datas e locais de venda dos ingressos, que serão limitadíssimos por conta do tamanho do bar, para não ficar de fora dessa festa.

 

 

fontes:

http://www.estado.com.br (15/04/2011)
http://www.diariodepernambuco.com.br (29/07/2009)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s