Maringá Rock Festival 2012: o festival do autoral maringaense – 1ª Edição

Maringá Rock Festival
Matéria do jornal O Diário do Norte do Paraná sobre o Maringá Rock Festival 2012

Ao se observar a cena atual do autoral maringaense, recheada de excelentes bandas e grandes talentos, fica difícil imaginar que há alguns poucos anos atrás era muito difícil para as bandas conseguirem um palco para tocar suas próprias composições e, mais improvável ainda, receberem algum cachê por isso. Nesse contexto o Maringá Rock Festival aparece para ser mais do que apenas uma vitrine para as bandas maringaenses, surgiu para trazer dignidade na relação produtores-artistas e para quebrar o paradigma da necessidade de as bandas, para conseguirem agendar shows, terem obrigatoriamente de apresentar um repertório repleto de covers encaixando apenas uma ou duas músicas próprias.

Em 2012 – ano em que nasceu o MARINGÁ ROCK FESTIVAL – existiam tantas bandas quanto hoje, tantos talentos quanto hoje, mas a maioria para se manter no circuito dos poucos bares/rolês de som ao vivo, tinha que tocar músicas de outros artistas, muitas vezes a troco de cerveja ou nem isso.

Não que o cover não tenha o seu valor, pelo contrário, o cover ajuda o público a identificar as referências musicais da banda e também é fundamental para o aprendizado de técnicas e de interpretação.

Contudo, quem é músico sabe o quanto é frustrante ter de reproduzir apenas composições consagradas de outros artistas/bandas para ter atenção do público, preterindo a sua própria criação.

Um das razões que levou o Esquema Rock Livre a lançar o Maringá Rock Festival foi justamente tentar estimular o hábito das pessoas ouvirem os sons que estavam sendo criados por bandas/artistas que, sem dúvida, teriam muito em comum com elas em razão de estarem vivendo na mesma cidade/região.

Essa identificação com os artistas locais, ao poucos criou um público que hoje viabiliza eventos voltados ao som autoral.

Nos enche de orgulho de pensar que, se hoje várias produtoras e bares da cidade de Maringá têm aberto espaço para bandas autorais, o Esquema Rock Livre teve grande participação na formação desse cenário.

cropped-cropped-eqrl.jpg

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s